IPVA ATRASADO – Como pagar o IPVA do seu veículo atrasado

Com a chegada de um novo ano, as contas a pagar começam a aparecer, impactando no orçamento mensal da família e, muitas vezes, é necessário priorizar uma conta em detrimento de outra, deixando de lado impostos importantes que, se forem esquecidos, podem resultar em dores de cabeças futuras e ainda mais despesas.

É o caso do IPVA – Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores – cujo pagamento do IPVA atrasado pode resultar em problemas diversos futuramente.

O pagamento do IPVA do seu veículo está atrasado? Acompanhe o nosso artigo e descubra como resolver a situação!

Quais as consequências do IPVA atrasado?

O IPVA atrasado pode gerar um forte impacto no seu orçamento mensal, não somente pela multa que recai sobre o valor que deixou de ser pago, mas também porque você fica impossibilitado de licenciar ou transferir o seu veículo se quiser vendê-lo.

Além disso, você também fica sujeito a ter o seu carro apreendido até que o débito seja regularizado, e o seu nome também pode ser encaminhado para órgãos de proteção ao crédito, como SERASA ou SPC.

Assim, o IPVA atrasado representa uma grande dor de cabeça futura, gerando muitos prejuízos ao seu bolso.

Como consultar o IPVA atrasado?

O prazo de pagamento do IPVA varia de acordo com o final da placa do seu carro e do estado de licenciamento, sendo que alguns DETRAN’s enviam boleto de pagamento ao endereço que o carro está registrado.

Caso você não tenha recebido esse boleto, há uma alternativa para verificar o IPVA atrasado, é acessando o site do DETRAN do seu estado. Em São Paulo, por exemplo, o procedimento é o seguinte:

  • Acesse o site da Secretaria da Fazenda e Planejamento do Estado de São Paulo
  • Digite o RENAVAM e a placa do seu carro
  • A tela seguinte já mostrará todos os débitos pendentes do seu veículo, inclusive DPVAT, com valores, prazos de pagamento e possíveis multas em aberto.

Estou com o IPVA atrasado, e agora?

Ao consultar o site acima, você descobriu que está com o IPVA atrasado?

Para resolver isso, é simples: na mesma tela, você terá a opção de emitir um novo boleto de pagamento, com os valores já atualizados de juros e correções monetárias.

Em posse deste boleto, basta se dirigir à uma agência bancária – ou acessar o site do seu banco – e efetuar o pagamento no caixa.

É possível parcelar o meu IPVA atrasado?

Sim – pelos menos no Estado de São Paulo – é possível parcelar o IPVA atrasado em até 10x. Para solicitar esse serviço, adote os seguintes passos:

  1. Vá até a Secretária da Fazenda Estadual, tendo consigo os documentos originais do veículo – caso você seja o proprietário – ou uma procuração com firma reconhecida do dono do automóvel com o IPVA atrasado. Além disso, não esqueça de levar o CPF e RG original.
  2. Já no balcão de atendimento, você será informado do montante total de IPVA atrasado e das propostas de pagamento.
  3. Ao concordar com a proposta de parcelamento, será emitido um boleto de pagamento com o prazo e valores.

Como você pode ver, pagar o IPVA atrasado é uma tarefa tranquila, basta seguir esses procedimentos e ficar tranquilo: o seu carro estará regularizado, sem riscos de ser apreendido numa blitz e, caso você queira vende-lo, não terá que arcar com gastos extras.